Uma boa dose de Dezembro

 

Ninguém percebeu quando Dezembro chegou voando. Junto com ele foram chegando, aos poucos, mesas cheias de gente, apresentações finais e comemorações. Ele disse que era pra ter família, amigos e vizinhos reunidos. Dezembro é assim mesmo, vem sempre cheio de bons motivos pra estarmos rodeados de pessoas queridas enquanto finalizamos as atividades do ano.

Dezembro gosta de surpresas com quem que a gente quer bem. Um pacote chegando pelo correio, um cartão ou até um telefonema que pega a gente de surpresa no meio de um sábado decorando a casa pro Natal. Ficou mais comum aproveitar a época de boas festas pra mandar uma SMS ou um e-mail desejando um monte de coisas boas. Dezembro adora substituir o “tô morrendo de saudades” por “tô indo aí pra te ver”. Haja coração.

Dezembro adora viagens: quem mora longe volta pro lugar que realmente chama de casa e quem mora perto vê em Dezembro uma boa oportunidade pra dar uma fugida das coisas de todos os dias. Tchau, rotina! E tchau dieta, pois Dezembro adora ser a desculpa para os mestre-cucas experientes irem para a cozinha com um tempero especial: carinho.

Lojas lotadas, feiras de natal, gente cantando e um bom velhinho vestido de vermelho passeando por aí durante todo o mês. Dezembro vem com calor, cheiro de protetor solar e cerveja gelada numa roda de amigos. Dezembro também vem com muita chuva – é um mês de intensidade.

Essas coisas fazem de Dezembro um mês especial, mas ele sempre acaba depois de um banquete especial, um brinde e fogos de artifício numa grande festa. Dezembro vai embora junto com 7 ondas e 12 uvas. Ele chega pra colocar uma boa dose de pontos finais e vai embora nos preparando para novos parágrafos e promessas para o novo ano.

Dezembro, seja maravilhoso.

Ana Metz Castan

Ana Metz Castan

Ana é louca por flores, adora chás e odeia clichês. Tem sempre à mão papel e caneta e adora juntar gente em volta de uma mesa. Curiosa e apaixonada, explora projetos que tragam mais empatia, criatividade e leveza para o mundo. Acredita que água salgada curatudo e que tristeza não tem espaço em dias de céu azul e frio. Ana é fundadora do Uma Boa Dose e hoje estuda na Kaospilot, na Suíça.
Ana Metz Castan

Últimos posts por Ana Metz Castan (exibir todos)

Experimente também

Em Ponto.

Por Humberto Cardoso Filho

“Eu e você” nunca teve ponto de partida e, quando a gente viu, já estava entre parênteses.   Sujeitos nunca faziam […]

Última Página

Por Humberto Cardoso Filho

Me guarde para a última página.   Escreva todas suas histórias. Daquele menino desengonçado que te olhava diferente na 1a […]

Degustando...