​Uma conversa a sós

conversas
Sobre a importância e a necessidade de conversar honestamente consigo mesmo.
Ensaio sobre um ‘autobatepapo’:

“Oi =), estamos bem, não é? Quando pensei em fazer um texto sobre conversas, não imaginei ninguém melhor pra conversar do que comigo, ou seria consigo, ou com a gente, não sei… mas o que importa é que você me entende, na maior parte do tempo. E ninguém melhor para uma conversa sincera do que a pessoa com quem passo 24h, a quem tenho aprendido a amar cada dia mais e com quem tenho batalhado constantemente por equilíbrio. Os últimos acontecimentos exigiram de nós muito diálogo e compreensão, eu sei. Mas queria dizer que isso também vai passar, como todas aquelas outras coisas, lembra?
Bem, nessa conversa, que é como um monologo, queria dizer algumas coisas… nem sempre vamos estar certas, e também nem sempre vai ser fácil enfrentar as situações, mas queria deixar claro que quando conversar com o mundo lá fora for muito difícil, quando ninguém mais parecer compreender os motivos ou as dores. Eu vou estar aqui, esperando pra debater, mesmo que muitas vezes eu também não compreenda de primeira, vamos conversando que a gente se acerta. Lembre-se de que quando tudo parecer solidão, você tem a mim, tem também sua mãe, seu pai, sua família e amigos maravilhosos, então você fala pra mim o que aflige e eu buscarei lembrar você disso.
Alguns dias na terra parecem vazios de esperança, mas com uma gota de vontade a gente consegue superar, quando você vier falar comigo, eu direi pra olhar a natureza e notar tudo que há de mais belo ao seu redor, vou lembrar você de voltar a estudar, de aprender sobre a física, matemática, filosofia e religião, sobre tudo que vá do espiritual até o racional e vou recordar que a esperança não está nos outros, mas em nós.
Eu sei o quanto você gosta de cair em vitimização, o quanto é fácil se culpar pelas coisas e se deixar abater, mas dai a gente vai lembrar de todos os momentos em que a superação veio até nós e eu direi que é só mais uma batalha pra vencer e que a vida é muito generosa com você, muito assertiva nas lições e muito benevolente nas falhas.
Também queria dizer que eu estou muito orgulhosa, orgulho da fibra que tem demonstrado nas decisões, das escolhas mais conscientes,  da gratidão e de tudo que temos colhido e cultivado. A grande lição que veio, foi ver o quanto o que é feito de amor e coração traz frutos, né? Se livrando das más inclinações… temos muitos motivos pra sorrir.
Bem, quando tudo isso passar, nos momentos felizes ou tristes, nas perdas ou ganhos, em qualquer momento, pode vir até mim, pois eu vou estar pronta pra dizer a única coisa que você merece ouvir: eu te amo”

Conversem consigo mesmos diariamente, talvez se surpreendam com o que tem a dizer. E lembrem-se que conversar não é para os brutos, mas para os inteligentes.

Gabe Hansel

Gabe Hansel

Uma criança curiosa, uma adulta filosofa, uma adolescente rebelde e uma senhorinha alegre e contadora de piadas. Poderia ser a sinopse de um filme brega, mas é só um resumo das múltiplas personalidade dessa publicitária e atual estudante de administração pública. Gabe tem vícios em Youtube, Netflix, coisas belas, conhecimento, pessoas e mudanças. Aqui no Uma Boa Dose encontra espaço para refletir sobre a vida, amores, histórias e experiências, e ama compartilhar tudo isso com vocês.
Gabe Hansel

Últimos posts por Gabe Hansel (exibir todos)

Experimente também

Dona Carmen

Por Carla Mereles

Carmen Lúcia morava numa chácara – com mato, muitos animais, todo aquele cenário bucólico. Estava acostumada a ir para a […]

Você Sabe Como É

Por Humberto Cardoso Filho

Uma honrosa releitura do texto “Meio Bonita” (http://pensador.uol.com.br/frase/NTE3NzU1/)     Você sabe como é. Ela chega, às vezes nem te […]

Sem comentários

  • CamilleSA 23/04/2015   Reply →

    até chorei! lindo!

Degustando...