As dores e delícias de ser brasileiro

temadomes

Quando penso o que significa ser brasileira, imagino um mosaico de nacionalidades celebrando várias culturas em um só (imenso) lugar. A realidade pode nos apresentar um povo que carrega uma infinidade de defeitos e qualidades herdadas de gerações vindas de diversos lugares (que mesmo que tentássemos, jamais poderíamos compreender completamente) e de outros tantos aspectos cultivados por aqui mesmo ao longo destes jovens 515 anos de autoconstrução.

Assim como um adolescente cheio de potencial e dúvidas, nosso país passa por uma fase de caos, raiva, indecisões e paixões. Uma nação que floresce na hora certa e tem muitos conflitos, preconceitos, conceitos e valores a serem trabalhados, superados e reafirmados.

Aqueles que já tiveram a oportunidade de morar fora e conviver diretamente com outras culturas, normalmente notam a infinidade de liberdade, criatividade e potencial do nosso povo. Sem contar as belezas naturais e culturais de cada região dessa nação brilhante que, infelizmente, é míope demais para ver tudo o que temos e só consegue enxergar o belo do outro lado do globo.

Enquanto o caos se elabora na nossa política e economia – um caos necessário que traz à luz da consciência séculos de contínuo abuso -, se vê crescer os empreendedores, agentes de mudança social, os mobilizadores que, quase invisíveis, tentam construir uma nação mais justa e cidadãos que se unem para, com as próprias mão, fazer o bem e auxiliar o próximo.

Quando eu leio algum comentário que diz “nossa, que vergonha de ser brasileiro(a) nessas horas”, eu penso: “ não, eu tenho orgulho de ser brasileira sempre, nas horas boas e naquelas em que identificamos coisas que ainda precisamos melhorar”. Não se vive nesse mundo ou se relaciona com as pessoas só pelas coisas boas, Caetano já nos disse sobre as dores e delicias de ser quem se é, e as estamos vivendo.

Temos MUITO a melhorar, mas eu tenho muito orgulho de fazer parte de uma nação diversa, que acolhe outras culturas de braços abertos e faz o melhor que pode, com a maturidade que tem, para viver uma vida alegre e amorosa. Podem me chamar de ingênua e dizer que os meus argumentos não são reais, mas eu desafio você a sair da sua rotina e conhecer esse povo maravilhoso que é o brasileiro. E depois que você compreender a delícia, mesmo em meio a tanta dor, compreender que da orgulho em ser brasileiro (a).

Gabe Hansel

Gabe Hansel

Uma criança curiosa, uma adulta filosofa, uma adolescente rebelde e uma senhorinha alegre e contadora de piadas. Poderia ser a sinopse de um filme brega, mas é só um resumo das múltiplas personalidade dessa publicitária e atual estudante de administração pública. Gabe tem vícios em Youtube, Netflix, coisas belas, conhecimento, pessoas e mudanças. Aqui no Uma Boa Dose encontra espaço para refletir sobre a vida, amores, histórias e experiências, e ama compartilhar tudo isso com vocês.
Gabe Hansel

Últimos posts por Gabe Hansel (exibir todos)

Experimente também

Um Quarto

Por Murilo Igarachi

Os vinte e cinco vieram velozes. Exatos um quarto de século que se foram tão logo quanto chegaram. Provavelmente será […]

Tigres na praia

Por João Vítor Krieger

  Um grande gato cômico rabiscado em folha A4, com vivos olhos verdes de giz de cera. “Você tem um […]

3 comentários

  • Letícia 16/09/2015   Reply →

    Adorei o seu texto!!!
    Eu acho que, apesar de todos os defeitos do pais, nossa cultura é extremamente abrangente, estamos sempre prontos para enfrentar as dificuldades e nos acolhemos como nenhuma outra cultura. Admiro muito isso 😉
    Beijao :*

  • Paula Villanova 12/09/2016   Reply →

    Lindo! Exatamente isso.

Degustando...