Carta aberta a todos que irei conhecer e a cápsula do tempo do infinito

gratidao

Começo por dizer que este é um post para o futuro. Sim, para algo que vai acontecer e para pessoas que não faço ideia de onde vêm, para onde vão, como são ou quem são. Este é texto para todos aqueles que, de alguma forma, participarão de minha jornada, por um longo ou curto período de tempo. Não importa.

A intenção é que se pareça com uma Cápsula do Tempo. Daqui alguns anos, poderei olhar esse post e, novamente, sentir-me grata como sempre acontece quando me sinto tocada por este universo.

O que quero dizer as pessoas que farão parte da minha vida é que, por causa de vocês, eu sou uma pessoa melhor. Quero que saibam que a forma como falam, olham, sorriem para mim, muda um pedacinho dentro de mim. Vocês me moldam.

Eu entendo que não sou uma pessoa fácil de se lidar, e, por isso, já agradeço, de antemão, por derrubar as paredes que construí há muito tempo atrás e que me cercam como muros que protegem um castelo. Essas paredes são grossas e muito, muito altas, mas prometo-lhes que uma vez lá em cima, a visão é bonita.

Acredito que só ser grata não seja o bastante, pois devo eu fazer com que vocês também se sentam gratos por minha presença e contentes por dividir seu tempo comigo. Então, espero, sinceramente, que eu possa retribuir tudo aquilo que vocês me proporcionarão em grandes doses de compreensão, amizade e carinho.

Não posso esquecer, porém, daqueles que hoje, me fazem sentir grata por ter um espaço em suas vidas e por permitir que eu faça parte das deles, então gostaria de agradecer aos velhos amigos, aqueles que admiro imensamente, pois eles também foram novos. Eles também foram os “futuros”.

A todos vocês, o meu muito obrigada.

Ingrid Tanan

Ingrid Tanan

A Ingrid é a moça dos sorrisos com covinhas e das bochechas rosadas. Ela aprecia um bom livro e, mais ainda, uma longa conversa sobre ele. Apaixonada por design, música, Friends, marshmallow, Tim Burton, cadernetas, postais e post-its. Acredita que escrever é seu momento – é poder estar consigo e refletir sobre o finito e infinito. Você pode encontrá-la em qualquer livraria de São Paulo ou às sextas aqui no Uma Boa Dose.
Ingrid Tanan

Últimos posts por Ingrid Tanan (exibir todos)

Experimente também

For you, a thousand times over

Por Ingrid Tanan

Não é a primeira vez que um livro se abre e me suga para dentro da história. Não é a […]

Sobre segundos e eternidade

Por Ingrid Tanan

Sou uma observadora. Sou uma observadora e eu vejo. Há dois meses tive a oportunidade de ir à França. Inicialmente, […]

Degustando...