Fonte: Pinterest

Senhora Vânia,

– por Daniely Duarte

 

Nós não somos insubstituíveis.

Enquanto estamos aqui, a gravidade se torna reversa. Quanto mais graves os fatos, maior é o clamor por levantar.

Levantemos, então! Está na hora de ir. Minhas malas estão prontas e eu não vou te esperar. Nossos caminhos nunca foram os mesmos. Apenas veio a calhar que as nossas saídas estão marcadas para a mesma hora. Vou sentir falta de certos sorrisos e acredito que a senhora, dos seus lados das suas moedas. Mas não se perturbe. O que achamos que tivemos nunca foi realmente nosso. Nas nossas bagagens, guardamos só o que vivemos e deixamos de lembrança aquilo que fizemos.

E é por isso que está na hora de ir. Eu preciso de mais e a senhora precisa parar de tentar fazer deles cada vez menos. A gravidade se torna reversa e o que foi empurrado pela garganta volta em forma de grito: ESTÁ NA HORA DE IR!

Por favor, não vá se atrasar de novo.
Minhas malas estão prontas e eu não vou te esperar.

Últimos posts por Uma Boa Dose (exibir todos)

Experimente também

uma boa dose de poesia

Por Carla Mereles

Poesia (s.f.): 1. Arte de fazer versos. 2. Obra em verso, poema. 3. Característica do que toca, eleva, encanta. 4. Forma especial de […]

Brasileirismo

Por Murilo Igarachi

Era minha primeira viagem internacional, ainda no continente americano. Lembro-me que estávamos andando em direção à CN Tower num dia […]

Degustando...