Nostalgia do futuro

Há dias em que acordo com uma nostalgia diferente. Nostalgia de tudo que ainda posso viver. É até engraçado porque geralmente a nostalgia é um sentimento associado ao passado e às lembranças boas que tivemos em algum período de nossas vidas.

Então, me pergunto: como é possível alguém ter nostalgia do futuro? Como alguém pode sentir saudades de algo que nunca viveu?

Isso acontece muito comigo quando penso no futuro e em todas as possibilidades. Principalmente quando penso em algo que quero muito que aconteça. É uma sensação da qual não consigo escapar. Ela simplesmente chega e fica. E é maravilhoso.

É maravilhoso porque eu me sinto esperançosa. E porque sinto uma coragem que me move. Eu acredito que existe um futuro brilhante à frente. Um futuro único e tangível. Tão palpável, tão meu… E Isso me emociona.

Esta, com certeza, é uma vida extraordinária.

Ingrid Tanan

Ingrid Tanan

A Ingrid é a moça dos sorrisos com covinhas e das bochechas rosadas. Ela aprecia um bom livro e, mais ainda, uma longa conversa sobre ele. Apaixonada por design, música, Friends, marshmallow, Tim Burton, cadernetas, postais e post-its. Acredita que escrever é seu momento – é poder estar consigo e refletir sobre o finito e infinito. Você pode encontrá-la em qualquer livraria de São Paulo ou às sextas aqui no Uma Boa Dose.
Ingrid Tanan

Últimos posts por Ingrid Tanan (exibir todos)

Experimente também

Dépaysement

Por Carla Mereles

Dépaysement n.m. (frech): 1. change of scenery; 2. the feeling that comes from not being in one’s home country. 3. […]

Escrever – a ferramenta das mulheres subversivas

Por Carla Mereles

Costumava usar um caderno quando escrevia meus textos destinados a este espaço; uma moleskine vermelha, charmosa, de textura inigualável. A […]

Degustando...