Nostalgia do futuro

Há dias em que acordo com uma nostalgia diferente. Nostalgia de tudo que ainda posso viver. É até engraçado porque geralmente a nostalgia é um sentimento associado ao passado e às lembranças boas que tivemos em algum período de nossas vidas.

Então, me pergunto: como é possível alguém ter nostalgia do futuro? Como alguém pode sentir saudades de algo que nunca viveu?

Isso acontece muito comigo quando penso no futuro e em todas as possibilidades. Principalmente quando penso em algo que quero muito que aconteça. É uma sensação da qual não consigo escapar. Ela simplesmente chega e fica. E é maravilhoso.

É maravilhoso porque eu me sinto esperançosa. E porque sinto uma coragem que me move. Eu acredito que existe um futuro brilhante à frente. Um futuro único e tangível. Tão palpável, tão meu… E Isso me emociona.

Esta, com certeza, é uma vida extraordinária.

Ingrid Tanan

Ingrid Tanan

A Ingrid é a moça dos sorrisos com covinhas e das bochechas rosadas. Ela aprecia um bom livro e, mais ainda, uma longa conversa sobre ele. Apaixonada por design, música, Friends, marshmallow, Tim Burton, cadernetas, postais e post-its. Acredita que escrever é seu momento – é poder estar consigo e refletir sobre o finito e infinito. Você pode encontrá-la em qualquer livraria de São Paulo ou às sextas aqui no Uma Boa Dose.
Ingrid Tanan

Últimos posts por Ingrid Tanan (exibir todos)

Experimente também

A um passo

Por Murilo Igarachi

Quando você estiver a um passo de deixar tudo para trás, feche os olhos um pouquinho. Lembre-se de todos aqueles […]

A Soma de Todos Nós: Por Onde Começar

Por João Vítor Krieger

Pra mudar o mundo, por onde a gente começa? Pro mundo, para a cidade ou pro nosso grupo de pessoas: é a soma de nós todos, em nossa diversidade, que responde a essas contas que não fecham quando a gente fala do Brasil e do mundo. Eu acredito nesse coletivo.

Degustando...