)

Doses

Servidas por quem sempre tem uma boa história pra dividir.

Te iubesc

    Zafón escreveu uma vez que poucas coisas marcam tanto um ser humano quanto o primeiro livro que encontra o caminho até seu coração. Li essas palavras em 2007 e, desde então, “A sombra do vento” tem sido meu livro preferido. Alguns anos depois, uma analogia aos lugares que conhecemos se faz igualmente verossímil. […]

um ano em 5 minutos: 1 segundo por dia e a grande sacada de Cesar Kuriyama

A manhã é anormal: ao fim de algumas horas diante do computador, sentado na biblioteca perto da sessão de literatura estrangeira — onde dificilmente há mais alguém — e com os olhos cansados pelo brilho infértil da tela de LCD, passa-me diante dos olhos a minha vida em flashes. Não morri; é a fome que […]

Volátil

Volátil (adj.m e adj.f.): fig. característica do que é volúvel, inconstante; que não é sólido, fixo ou permanente. Incorpóreo ou imaterial. No dia 17 de julho de 2007, o vôo da TAM que saiu de Porto Alegre com destino a São Paulo – TAM JJ3054 – foi protagonista de uma das maiores tragédias da aviação […]

Tikkun Olam

  por Carla Mereles   Tikkun Olam (exp.); em hebraico: “reparar o mundo”(ou “curar o mundo”), que sugere responsabilidade compartilhada da humanidade para curar, reparar e transformar o mundo. Desde que aprendi a escrever, com apenas cinco anos de idade, retive uma grande paixão pelas palavras. Fascinava-me principalmente o significado destas e como um conjunto […]

12 pérolas e achados da famosa capa amarela

Sempre tivemos uma televisão na cozinha de casa e, por alguma razão, esse era um cenário que muito me agravada quando criança. Devia ser 1998 ou 1999 quando isto mais acontecia: meu pai sentava diante dessa televisão e inevitavelmente adormecia, mesmo com o som estrondoso do volume ligado nos níveis mais altos. Ao invés de despertá-lo, […]

Reflexões blockbusterianas

“Mamãe” aparece chamando no visor do telefone celular e logo diz: “Filha, tamo chegando!”. A visita foi surpresa, mas, como de costume, junto com ela e meu pai vieram no carro casacos e cobertores extras. “É que aqui é frio, né”, explicou, usando os 19ºC daquela tarde de primavera juizforana pra justificar sua afirmação. Depois […]

Ambição, ego e frustração: pequenos grandes estigmas da Geração Y

Ambição infinita, ego inflado e poços de frustração: a geração nascida entre o final dos anos setenta e metade dos anos noventa sofre de bizarros males provocados pelo conflito entre sua vida profissional imaginada e a realidade. Uma parcela específica dela, aliás: os yuppies. Yuppie é o diminutivo de uma sigla em inglês — YUP — que significa […]

Uma boa dose de descompasso

1993. Itabira, interior de Minas Gerais. A música tocava alto pelas manhãs na casa da família Torres, como era de hábito quando Ruth estava em casa. Era Vivaldi, ainda em fita cassete, segunda faixa de “Músicas para Alegrar o Dia”, brinde do jornal de domingo e repertório favorito da menina. Os vizinhos já sabiam de […]

O segredo de todos os caras muito chatos

                    “Uma escrita tão sensível que leva à empatia instantânea” foi a definição de uma amiga minha sobre “O Apanhador no Campo de Centeio”, livro de J. D. Salinger.  Tem muito no livro a ser tirado — ainda que o protagonista, Holden Caulfield, seja mais referenciado […]

Sonder: Elaborados Formigueiros e a Tristeza do Transeunte

1. Darwin “Let me tell you this story about how…” é como Darwin, meu vizinho neozelandês, costuma começar a me contar alguma coisa. Tomo o trem com ele nas manhãs de segunda-feira, e ele normalmente mata o tempo jogando conversa fora. Isto é, quando encontramos assentos livres no S-Bahn, o metrô de superfície de Berlin. Não sei bem […]

“tu não sabes a falta que fazes” e o Projecto Amelie

Aos enfermos é preciso dizer o quanto sentiremos saudade caso o pior dos casos se torne mais do que prognóstico; aos que partirão, o apego que temos por sua presença; e aos ausentes, o vazio que deixaram depois que a voz e cheiro não compõem mais nossos ambientes cotidiano. Aos viajantes, é preciso enviar cartões-postais […]

As Veias Abertas de Outros Lugares

Um rápido prelúdio: “brasileiros, para este lado!”, gritava como orientação alguma funcionária de Guarulhos. “Non-Brazilian citizens to this side, please!” era a orientação em seguida, que vinha da mesma pessoa. Munido de meu passaporte azul, respiro fundo com orgulho de enfim retornar ao Brasil sem precisar enfrentar questionamentos do porquê da minha visita a algum […]

Palavras Inventadas, Velhos Sentimentos

P. Robert Smith, escritor inglês do qual nem o Google soube dar uma boa descrição, é também autor do título de livro mais bizarro que já vi. Felizmente, “Up a tree, in the park, at night, with a hedgehog” consta na minha prateleira, orgulhoso do seu papel amarelado de baixa qualidade e da recomendação na […]

90 Pequenos Prazeres da Vida

Ter um ‘pen friend’, isto é, uma amizade mantida por correspondência ou por mensagens pela internet (geralmente em outros idiomas), é inegavelmente uma iniciativa excelente. Lembro de ter sido apresentado a ela ainda quando tinha uns 12 anos, em alguma aula de inglês do ensino fundamental, cuja proposta era nos acostumar à ideia de escrever cartas — algo […]

Perspectiva e Burcas

  Julho de 2009 — um de meus amigos tira uma foto de algo atrás de mim e exclama ‘ninja’, deixando-se levar por um ataque de risos logo em seguida. Demoro para entender o que se passa; na minha primeira vez no exterior, não tenho certeza se a  Inglaterra talvez não tinha mesmo ninjas passeando […]

Página 20 de 21« Primeira...10...1718192021