)

Doses

Servidas por quem sempre tem uma boa história pra dividir.

Quando vamos nos encontrar de novo?

Aproximadamente às oito da noite, observava ansioso o teto do quarto. O tempo parecia estático, como se o mundo todo tivesse parado de girar. Minha mente navegava anos-luz dali, vagando em algum lugar no espaço. O celular cochilava em meu peito coberto firmemente por uma de minhas mãos. Ele não sabia, mas estava ali à […]

Conto de Ano Novo

Antes de sair do carro, Isabella olhou-se rapidamente no espelho retrovisor para conferir a maquiagem. Sorriu para si mesma, respirou fundo e seguiu em direção à festa. Era a primeira vez que passaria a noite de ano novo longe de sua família. Esther, sua amiga desde o Colégio, já havia lhe convidado inúmeras vezes para […]

Vamos nos dar o respeito

Uma frase tem rondado minha cabeça nos últimos tempos e tem permanecido comigo nas minhas reflexões (aquelas que faço para avaliar o que EU acredito ser certo na vida, tentando desassociar das opiniões alheias). “Mulher deve se dar o respeito”. E eu concordo em número, gênero(s) e grau. Vamos analisar a frase por um instante: se […]

Soprando velinhas

– por Celso Alves Do 1 aos 3 anos, precisei de ajuda para soprar as velinhas. Aos 4, como o homenzinho que era, apaguei elas sozinho. Aos 5, inaugurei os desejos pedindo um boneco dos Cavaleiros do Zodíaco – o de ouro de sagitário. Aos 6, uma bola. Aos 7, uma bicicleta sem rodinhas. Talvez […]

Da sintonia do encontro

Era feriado nacional e, para completar, meu primeiro final de semana oficial de férias. Para começar, uma viagem para o Rio de Janeiro, marcada meio que por acaso: eu havia comprado as passagens sozinha por conta de uma promoção imperdível; uma das minhas melhores amigas, daquelas das antigas, da época da escola, resolveu aproveitar o […]

Sorriamos, o melhor está por vir.

“Sorria, o pior ainda está por vir. Teremos sorte se virmos o Sol outra vez” – aconselhava a voz de Mikky Ekko sob uma melodia não tão pessimista quanto a mensagem que ela passava. Respirei fundo e senti um sorriso se formar em meu rosto, talvez pela sugestão. Essa foi, sem dúvidas, a frase que […]

A Urna da Gratidão (Primeiras Intervenções e um Guia para Colorir Dias Cinzentos)

O que colore um dia cinzento? Ou melhor, o que faz colorir um de seus dias cinzentos?   A gente precisa reconhecer uma coisa: o cotidiano de todo mundo é campeão de trazer pequenos problemas e frustrações, se a gente assim deixar. Volta e meia tem alguma maior, pra nos pegar de surpresa. E não […]

Momentos Diários

– por Celso Alves O cobrador da estação perto de casa é um tiozinho bonachão, gente boa e de riso fácil. Conta piadas pra si mesmo e, se alguém mais rir, tá valendo. Quase sempre está comendo um sanduíche ou tomando café, presente dos moradores e comerciantes que passam por perto. Ora tem o cabelo […]

17 METAS E UM POEMA

Foi ainda embalada por uma boa dose de Brasil que ouvi falar pela primeira vez nas Global Goals (em português, Metas Globais), lançadas pela ONU em prol da erradicação da extrema pobreza, do combate às desigualdades e injustiças e da desaceleração das mudanças climáticas. Assisti encantada ao vídeo “We The People” (https://www.youtube.com/watch?v=RpqVmvMCmp0) e conheci, meio […]

Eu me entrego em gratidão

O quão clichê seria começar um texto escrito quase no mês de dezembro dizendo que o ano passou voando? É, eu sei: clichezão! Mas é a mais pura verdade. Já se foram onze meses e eu só consigo pensar: onde foi que eu estive mesmo? O tempo voou e, com a correria do dia a […]

Nossa bússola Interna

Independente da sua crença religiosa (ou ausência dela), posso afirmar que sua vida é movida pela fé. Acredite, ela é. Primeiramente pelo fato de que fé e religião não caminham necessariamente juntas. Podem até ser bffs*, concordo. Entretanto, religião não é requisito para que a fé exista e mova sua vida. Tal como o oxigênio, ela […]

O amanhã pertence à ninguém

Eis que digo: viva o hoje. É o hoje a razão para todos os seus amanhãs. É o hoje o motivo pelo qual ontem já não estar mais presente. Temos o hoje e, hoje, o hoje basta. Deixe que o amanhã chegue, sem pressa, para fazer o seu papel. Liberte o amanhã para que ele […]

Escrever – a ferramenta das mulheres subversivas

Costumava usar um caderno quando escrevia meus textos destinados a este espaço; uma moleskine vermelha, charmosa, de textura inigualável. A preguiça e a facilidade há não muito tempo me fizeram trocar a caderneta por um negócio branco, com várias teclas, as quais eu aperto para exprimir o que eu quero – e não, não é […]

Gratidão, sinônimo de felicidade

Sempre busquei pintar cenas e criar situações para explicar como me sinto em relação à vida. Para explicar a gratidão eu escolho o seguinte cenário: em um palco acendem as luzes e iluminam uma dupla, um mestre e seu aprendiz. Esses personagens dançam um ballet que se divide com maestria entre clássico e contemporâneo e a música […]

Ode à Jabuticaba

  – por Celso Alves Estava eu tranquilo vendo TV antes da rotina banho-elevador-ônibus-trabalho quando surgiu o comercial de um novo iogurte sabor maçã e blueberry. Desgrudei do sofá e perguntei pra tela: mas e a jabuticaba? Os outros sabores até eram mais nossos  – de maracujá e melancia também – mas minha frutoxenofobia apitou […]

Página 5 de 21« Primeira...34567...1020...Última »